Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: Show Da Madrugada

Das 00:00 às 03:00

No comando: Show Da Madrugada

Das 00:00 às 05:00

No comando: Bom dia Nordeste

Das 03:00 às 05:00

No comando: Rojão Do Nordeste

Das 04:00 às 06:00

No comando: Em Sintonia Com Meu Deus

Das 05:00 às 07:30

No comando: Comando Geral

Das 05:00 às 08:00

No comando: Hora Do Produtor Rural

Das 06:00 às 07:00

No comando: Programa Nelson Filho

Das 07:00 às 09:00

No comando: Santa Missa

Das 07:30 às 09:00

programas-nn-modelo
No comando: NN Entrevista

Das 08:00 às 09:00

No comando: Microfone Aberto

Das 09:00 às 10:00

No comando: Show Do Jairo Campos

Das 09:00 às 11:00

No comando: Show Do Domingo

Das 09:00 às 12:00

No comando: Sábado Show

Das 10:00 às 12:00

No comando: Saúde Em Foco

Das 11:00 às 12:00

No comando: Show De Bola 1º Tempo

Das 12:00 às 13:00

No comando: Esporte Sem Fronteira

Das 12:00 às 14:00

programas-nn-modelo
No comando: Bate-Papo Esportivo

Das 12:00 às 14:00

programas-nn-modelo
No comando: Se Liga Aí

Das 13:00 às 15:00

No comando: Vale Tudo

Das 14:00 às 16:00

No comando: Futebol Show

Das 14:00 às 20:00

programas-nn-modelo
No comando: Elas 3

Das 15:00 às 17:00

No comando: Futebol Show

Das 16:00 às 20:00

No comando: Show De Bola 2º Tempo

Das 17:00 às 19:00

No comando: Programação Musical

Das 20:00 às 24:00

No comando: Portas Abertas

Das 20:00 às 24:00

No comando: Futebol Show

Das 20:00 às 24:00

Facebook suspende 200 apps em investigação após caso da Cambridge Analytica

Compartilhe:
noticia-facebook

O Facebook precisou suspender cerca de 200 aplicativos de terceiros em investigação, após polêmica envolvendo o caso Cambridge Analytica.

A análise da rede social mostrou que os aplicativos estavam coletando uma alta quantidade de dados dos usuários, e milhares de apps precisaram ser verificados como parte de uma investigação anunciada pelo CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, em março.

Ime Archibong, vice-presidente de parceria de produtos da rede social, conta que ainda há muito trabalho a ser feito para encontrar aplicativos que vêm fazendo o uso incorreto dos usuários do Facebook, e que isso vai levar bastante tempo.

Archibong ainda afirma que a companhia está com um grande time interno e externo trabalhando para que a investigação seja concluída o mais rápido possível.

O problema do Facebook com a privacidade de seus usuários se tornou um escândalo na mídia em março, quando um ex-funcionário da empresa de análise de dados Cambridge Analytica revelou que dados de milhões de usuários foram usados na campanha que elegeu Donald Trump, em 2016, como presidente dos Estados Unidos.

Fonte/Reprodução: Terra

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook